castlevania netflix

Castlevania — 1ª Temporada | Crítica

Com ambientação fiel aos games, sem maiores pudores quanto à sangue e violência, primeira temporada da animação traz história interessante, mas a curta duração corta a experiência

Dirigido por Sam Deats. Roteiro por Warren Ellis. Com Richard Armitage, James Callis e Alejandra Reynoso.

Adaptações cinematográficas de videogames são sinônimo de fracasso. Tivemos grandes franquias simplesmente destruídas por obras vergonhosas e absurdas que acabam retratando de forma irresponsável mundos como os de Mario Bros, Tekken, Max Payne, Street Fighter e Doom.

mario bros filme
Mario, Peach e Luigi. Eu sei.

Felizmente o cenário muda quando animações são o assunto. Elas conseguem trazer para as telas reproduções fiéis do que os jogadores vivem nos videogames. Bons exemplos não faltam: temos desde o clássico Street Fighter que passava no SBT, nas televisões do pessoal dos anos 90, até a ousada animação intercalando artistas de Dantes Inferno, passando pelo sangrento e assustador Dead Space e o divertido e ágil Devil May Cry.

E é nessa pegada que surge a adaptação da Netflix para uma das franquias mais queridas de caçadores de vampiros: Castlevania.

dracula castlevania

A história da animação pode ser vista como uma prequel para a terceira edição do game, intitulado Castlevania III: Dracula’s Curse, inicialmente lançado para o clássico NES (conhecido também como Nintendinho) em 1989. A trama gira em torno do conflito entre o último filho do famoso clã de caçadores de monstros, Trevor Belmont e o grande mestre das trevas, Drácula.

O interessante na proposta é que inicialmente acompanhamos o lorde da escuridão em um momento inusitado, um momento de felicidade em sua vida. Momento esse que é brutalmente interrompido por uma ação covarde e vil da Igreja, que motiva a reunião de tropas infernais e a fúria eterna e sanguinária (com o perdão do trocadilho) do vampiro. Essa cena acaba dando um destaque e representando muito bem a motivação do futuro vilão, que, a partir dali, inicia sua saga de vingança contra a humanidade.

castlevania netflix

Depois dessa sequência inicial (em um dos quatro episódios disponíveis), o foco muda para o errante Trevor Belmont, que busca redenção após tornar-se o último de seu clã. Enquanto vaga por cidadelas, arranjando briga e cantos para se deitar, acaba cruzando com uma cidade atacada pelas tropas infernais de Drácula e decide fazer jus ao nome de sua família, mesmo que essa tenha sido excomungada pela Igreja.

A narrativa tem um ritmo muito dinâmico e interessante, com muitas cenas de ação competentes e impactantes; não poupa o expectador de takes repletos de violência (afinal, é uma guerra entre forças do inferno e meros humanos). A trama também traz temas polêmicos e fortes como o papel e influência da religião católica nas sociedades medievais, caminhos pacifistas e solidários – mesmo que isso custe sua vida -, honra e amor.

castlevania netflix

Entretanto, enquanto a história progride e nos afeiçoamos aos personagens, ansiosos por saber mais sobre seus destinos, a temporada com quatro curtos episódios de pouco mais de vinte minutos cada, culminando na revelação de um importante personagem e em uma das melhores lutas (senão a melhor) da série. É engraçado reparar que a imagem promocional mostra os três personagens que lutarão lado a lado para interromper as investidas de Drácula contra a humanidade, sendo que eles se juntam apenas no último momento. Felizmente a série já foi renovada para uma segunda temporada, com o dobro de episódios.

Concluindo, a animação de Castlevania empolga, mesmo parecendo mais um teaser comprido (especialmente pelo andamento da história e pela pouca quantidade de episódios), com cenas empolgantes e uma trama que cativa por abordar as motivações tanto do lado do bem quanto do mal, mostrando que nem sempre os monstros de verdade possuem uma aparência horripilante e assustadora.

Nota: 4/6 (Bom)

Leia mais sobre Castlevania.

(Visited 16 times, 1 visits today)
0

Post Author: